Assinatura RSS

Tirem seus padrões do meu corpo

Oii gente, me desculpem por não ter postado nessas semanas :(. Mas eu voltei, com um tema muito legal, do grupo Liga Blogesfera. Espero que você gostem…

for the marriage of

Eu nunca fui a menina considera a mais bonita da sala ou coisa parecida. Quando eu era menor não ligava muito para beleza, eu queria mas era me divertir, brincar, dançar, cantar. Não gostava de usar salto e quando a minha mãe comprou o meu primeiro salto (era baixo, mas eu achava que era gigante rsrs) fui calçar e comecei a andar no meu quarto, acabei caindo no chão, então já dá para ver que minha primeira experiencia com salto já foi horrível. Mas agora até gosto de usar, mas não porque acho bonito ou amo quando o meu pé doí cada vez que eu dou um passo ( e como eu quebrei dois dedos do meu pé, eles ainda doem quando eu ando muito). Mas sim porque todas as minhas amigas são altas.

Falando de amigas, vamos para a parte onde sou gorda. Ano passado teve um passeio (como sempre) na minha escola, para um sítio. Até ai tudo bem, mas quando chegamos lá, eu e minha amigas fomos trocar de roupa (colocar os biquínis). Então uma começa “Não vou tirar a blusa, tô muito gorda” quando claramente é super magra, e outra fala “Você não tá gorda eu que tô olha só” fala outra que mais magra do que a anterior, e assim vai começando todas falando que estão gordas, que precisam emagrecer. Eu não falei nada, porque eu sei que eu realmente estou gorda, na verdade eu que não estava nem preocupada em tirar a minha blusa comecei a ficar receosa. Eu simplesmente odeio essas situações.

Então agora vamos para a parte onde eu sou cacheada. Quando eu tinha uns 8 ou 9 anos fiz uma química no meu cabelo, como falei anteriormente eu não ligava muito para beleza então eu não estava nem ai se meu cabelo estava crespo ou cacheado no momento, porque uns anos antes de eu fazer química no meu cabelo vivia passando na tv um shampoo que “fazia milagres” (como se cabelo cacheado fosse doença para precisar de milagre), ele se dizia alisador de cabelo, eu lembro de querer muito ele, mas na época que fiz a química não ligava muito. Depois que fiz a química vi como é horrível ter cabelo alisado, eu tinha que ficar as vezes 6 horas fazendo química. Uma vez eu estava passando uma química que o cheiro era tão forte que eu fiquei com falta de ar e a minha garganta quase fechou. Mas ano retrasado decidi que estava cheia de passar química que eu queria meu cabelo natural de volta. Eu já não gostava do meu cabelo alisado a muito tempo, eu usava ele preso toda hora porque eu achava ele horrível. Então as pessoas começam a dar pitaco, e como eu amo pitaco kkkk. Começam a falar para eu fazer relaxamento e minha mãe, ouçam bem MINHA MÃE ficou me perturbando para eu ir em um salão de cabelos cacheados para ver se pode relaxar e eu sempre recusando. E eu amo o meu cabelo, simplesmente amo quando eu vejo aqueles cachos quando eu lavo ele, as vezes fico até boba achando que não é de verdade kkkk.

Para concluir e explicar rsrs, eu falei aqui de três coisas que estão relacionadas aos padrões que a sociedade fala que nós mulheres devemos ser ou fazer. Dizem que precisamos ser magras como aquela modelo que usa tamanho 00, que precisamos ser altas ou andar de salto, que precisamos ter cabelo liso, que precisamos usar maquiagem, nos depilar, ter peitos e bunda gigantes. Mas eu gosto de ter cabelo cacheado, eu odeio usar maquiagem, eu odeio usar salto prefiro um tênis e antes eu não ligava que eu era gorda, não fazia diferença. Mas ai veio a sociedade linda e maravilhosa e falou que eu sou gorda, baixa, feia sem maquiagem, que eu não tenho bunda, que meu cabelo é horrível… E então eu comecei a ligar. Comecei a usar salto quando tinha a oportunidade, comprar tênis mais altos, comecei dietas e comecei a fazer exercícios, comecei a usar um batom ali e aqui, comecei a ver que eu realmente não tinha bunda. E tudo isso que a sociedade falou fez eu me sentir horrível, fez eu me sentir inferior, fez eu me sentir feia…

Então por isso hoje eu digo tirem seus padrões do meu corpo. A frase “Meu corpo minha regras”, já virou piada entre várias pessoas, e eu confesso que já até brinquei com a frase, mas ela é uma frase que todas as pessoas (não só mulheres) podem se identificar. Eu me identifico quando alguém fala que eu preciso alisar ou relaxar meu cabelo, quando falam que eu preciso emagrecer, quando falam que eu preciso colocar pelo menos um batom porque eu estou indo para uma festa, que eu preciso usar um decote enorme ou que eu tenho que usar roupas que mostrem mais…

Então gente eu espero que vocês realmente tenham gostado desse post, eu estava inspirada quando escrevi rsrs. Só queria esclarecer que apesar desse texto se tratar de um tema considerado feminista eu não sou feminista, não vou falar hoje sobre isso, talvez outro dia fale minhas opiniões sobre o assunto. Esse post é um tema do dia da mulher, que para quem não conhece a história desse dia vale a pena ir lá no nosso migo Google kkk e conferir. Sei que esse post está bem atrasado e que eu estou bem sumida aqui e lá no canal, mas vou tentar postar com mais frequência. Eu fiquei vários dias pensando se postava ou não, mas eu li o texto pela milésima vez (kkk) e decidi que eu preciso postar :D, eu realmente espero que vocês tenham gostado :).

Tchau gente e até a próxima…

Gaby

Anúncios

Sobre gabriellysilva123

Uma pessoa sonhadora ....

»

  1. Muito bom!
    É vc que define o que está bom ou não..
    Adorei o post desabafo ❤

    Seria muito bom se todos começassem a pensam como vc.
    Se amar, se aceitar e não se importar com a opinião dos outros.
    Beijos

    Responder
  2. Menina, me identifico totalmente, mais do que você imagina. Sei que sou uma desconhecida aqui em teu blog, mas olha, acredite, você não é a única que passou por isso… A mesma coisa, sítios, amigas dizendo que estão gorda, cabelo cacheado e coisas mais. O bom é que você mesma não é tão encanada com isso tudo, e eu era EXTREMAMENTE encanada com isso. Tanto é que a minha autoestima era praticamente inexiste até os meus 17 anos. Hoje quem me vê fazendo ensaios fotográficos e até mesmo gravando vídeos se surpreende, principalmente quem me conhece dessas épocas. O importante é nós gostarmos de nós mesmos, e somente assim as demais pessoas vão passar a nos respeitar, seja como somos – exceto aquelas que já são escrotas mesmo, e não percebem que invadem o espaço alheio com suas opiniões descabidas, mas até mesmo essas não irão nos ofender. Adorei teu blog! Beijão!
    4sphyxi4.blogspot.com.br

    Responder
    • Fico muito feliz que você tenha gostado :D. Eu estou tentando e começando a mudar isso em mim, é muito difícil você pensar nossa sou linda, mesmo com as pessoas dizendo que você não é. Quando percebi que isto estava me chateando muito, e que é um problema e não uma coisa que pode ser passada despercebida eu comecei a mudar a minha opinião sobre o meu cabelo e outras coisas. Ainda tenho muito o que trabalhar mas já me aceitei em várias coisas :). Obrigada por visitar e volte sempre :D. Beijos…

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: