Assinatura RSS

Arquivo da tag: 4

4°, 5° e 6° Semana de Vegetariana <3 – #GabyVegetariana

Oiii gente, hoje eu vim falar da minha quarta, quinta e sexta semana vegetariana (11/07 até 31/07). Espero que vocês gostem…

If it ain't broke don't fix it.

Eu decidi falar sobre as três semanas porque eu estou bem atrasada com esses posts e também não aconteceu muita coisa na quarta e quinta semana. Então vamos lá…

Então dia 18 eu fiz um mês de vegetariana <3. Eu não fiz nada, mas estou muito feliz :).

E nessa sexta semana eu quase pensei em desistir 😦 , eu estava com uma vontade enorme de comer carne como no começo, mas eu fiquei me lembrando de um pedaço do vídeo, que eu não consegui ver tudo, que falava sobre o abate de animais (esse vídeo é um que uma youtuber indicou para quem queria virar vegetariano ver, clique aqui para ver o vídeo dela), e eu estou considerando em ver porque eu preciso lembrar o porquê de eu ter virado vegetariana. E como um cara falou se você não consegue ver é porque não faz bem para você.

Uma curiosidade é que minha mãe estava fazendo carne esses dias para ela comer no almoço e eu fiquei com muito nojo deu até vontade de vomitar, e eu sei que pode parecer estranho o que eu vou dizer mas eu fiquei feliz por ter ficado com nojo, porque eu ainda não tinha essa coisa de nossa carne é ruim ou de ficar com nojo por ser um animal. Eu já tinha um pouco de nojo em alguns sentidos como tocar na carne quando estava crua, eu simplesmente não tocava e sempre que minha mãe ia para a parte do açougue no supermercado eu ficava triste porque eu via as patas e coisas assim aí eu lembrava que era um animal.

E para finalizar esse post, minha mãe fez uma lasanha vegetariana para mim ❤ com soja. Eu não sei se ela pegou alguma receita na internet, eu acho que não, acho que ela só não colocou carne kkk, em vez da carne colocou a soja, e eu fiquei até com medo kkkk, porque tinha o gosto igual ao de lasanha bolonhesa mesmo rsrsrsrs.

Então gente eu acho que é isso, acho que essa coisa que eu falei no começo do post vai passar e eu também estou com uma vontade louca de comer bolinha de queijo e também estava com vontade de comer picolé kkkk, por isso que tem um na imagem do começo do post rsrs. Eu sei que eu não falei muita coisa, mas eu espero que vocês tenham gostado. E hoje eu é o meu birthday 😀 kkkk, vou fazer um post de como foi a minha festa e eu vou dar um pequeno spoiler “Doctor Who” :D.

Gaby

 

 

 

Anúncios

Conversando com Gaby #4 – Anorexia e Bulimia com Gabriele

Oiii gente, hoje eu vim aqui com mais um Conversando com Gaby, hoje eu vim aqui falar sobre Anorexia e Bulimia com a Gabriele do blog Liberta da Ana e Mia. Eu espero que vocês gostem 🙂 ….

Conversando com Gaby # 4 - Anorexia e Bulimia com ft Gabriele

Então gente eu conheci o blog da Gabriele faz pouco tempo, lá ela conta a história dela e de outras meninas e ajuda várias pessoas que estão passando pela mesma coisa que ela passou. Eu perguntei a ela se eu poderia entrevista-la para o blog e ela aceitou :D. Primeiro ela contou um pouco da história dela e depois eu fiz algumas perguntinhas, então vamos lá.

Gabriele: A minha anorexia foi uma experiência completamente horrível. Ao contrário das pessoas que buscam em blog logo de primeira “ajuda” pra emagrecer com a doença , eu fui entrar no primeiro blog pró Ana e pró Mia bem depois que eu já havia iniciado as doenças. Passei por um ano, em 2014, pela bulimia e em 3 de junho de 2015 iniciei a anorexia.

Depois de 6 meses com anorexia nervosa, minha mãe descobriu através de uma carta que eu havia escrito pra um garoto que eu estava gostando. Pelo simples fato de eu chegar a um ponto de não conseguir me expressar da maneira mais simples que é da fala.

Quando eu comecei com isso, não queria ser esquelética, só iria perder 4kg e pronto. Eu pesava 51kg em 2015, mas veio a temível compulsão alimentar, me fazendo passar de 51kg a 54kg. Eu senti ódio quando vi aqueles 3kg em mim, toda aquela gordura nojenta , eu precisava miar mais (fazer bulimia)! Eu precisava de NF(sem comida, em inglês) mais longos! E aí depois de 3 meses me tornei obsessiva! De 54kg eu quis ir para 44kg, e depois de mais 2 meses eu repensei, de 44kg para 38kg. Depois 36kg. Depois 34kg. Esse era meu limite. Se chegasse a 34kg saberia que se quisesse passar, estaria doente de verdade.

Depois que minha mãe descobriu, fui levada pro psicólogo. E vale dizer que eu não queria MESMO isso. Senti que estava traindo a Ana (Anorexia), era nosso segredo. Do psicólogo , fui encaminhada às pressas pro psiquiatra.
Esses foram os remédios na primeira consulta:

AqMLWxfKLNOvGePl6cOB7RVo-6bdiXbWHiqB3NAHCPKv
Anti depressivo, ansiedade, para abrir o apetite, para dormir.

Eu tive um surto psicótico. Eu ouvia a “Ana” e a “Mia” gritando na minha cabeça. Eu não aguentava mais! Hoje eu convívio com o transtorno de ansiedade, graças a anorexia.

Entrevista:
Eu:Então vamos às perguntas (risos). Quantos anos você tem ?
Gabriele: 17.

Eu:Com quantos anos você começou a praticar bulimia e anorexia ?
Gabriele: Bulimia aos 15 anos, anorexia aos 16 anos.

Eu:Alguém da sua família já teve alguma doença parecida ?
Gabriele: Não, nenhuma que eu saiba rs.

Eu:Você sofreu bullying antes de ter bulimia e anorexia ?
Gabriele: Na verdade não. Nos meus 15 anos que eu comecei a engordar, algumas pessoas disseram “vc tá muito gorda, o vestido não vai caber não hein (risos)” eu odiava aquilo! E fiquei com ódio de me chamarem de gorda e fazer essa piadinha.

Eu:Qual a diferença de bulimia para anorexia?
Gabriele: Anorexia é um distúrbio alimentar onde basicamente a pessoa é magra , mas se vê gorda. Ou a pessoa é gorda , mas se torna obsessiva pela magreza. Fazendo dietas e parando de comer , chamamos de NF. E contando sempre calorias dos alimentos e ainda abusando de exercícios.Bulimia também é um distúrbio alimentar, mas a pessoa come, mas em seguida ela força o vômito para obter a magreza.

Eu: Você contou para alguém ou alguma amiga sobre o que você estava passando?
Gabriele: Sim, pra uma amiga da escola Carolina. Mas na verdade ela descobriu pelo meu namorado.

Eu: Como foi a reação de seus amigos e família quando descobriram ? Algum amigo deixou de falar com você ?
Gabriele: Na verdade, eu me afastei de todo mundo. Tudo o que me importava era a Ana (anorexia). Meus amigos e minha família queriam tirá-la de mim.

Eu: O que ajudou você a melhorar ? Você achou que ir no psicólogo ajudou? Você ainda vai ? Você achou que tomar remédios ajudou ?      

Gabriele: Ir na psicóloga me ajudou sim porque se não tivesse ido, eu não teria recebido o tratamento. Meu caso não podia esperar. Eu ainda vou a psicóloga e ao psiquiatra, fui ontem na verdade e tenho que fazer 2 exames: de sangue e de coração. E quanto aos remédios, só 2 me ajudam. O antidepressivo e o de ansiedade.

Eu: Qual dica você tem para as pessoas que estão passando por essas coisas?
Gabriele: Não se cale, anorexia é um labirinto onde você vai se perder. Não ache que vai parar quando perder aqueles 3kg porque não vai. A Ana te aprisiona aos poucos. Peça ajuda.

Eu: Então são só essas as perguntas (risos).
Gabriele: Prazer viu ❤ amei essa entrevista.
Eu: Eu também :D.

Então gente espero que vocês tenham gostado :D. Essa foi a nossa primeira convidada. Eu quero trazer várias pessoas para falar de diferentes assuntos, porque eu acho que é bom quando a pessoa que fala sobre o assunto, passa ou já passou pela situação, para que ela possa falar como foi a experiencia dela. Eu acredito que se eu tivesse falado sobre esses dois assuntos sem a ajuda da Gabriele não seria um post completo porque eu não passei por essa situação, seria uma repetição de “não faça isso é ruim para a sua saúde”, e tudo que você já encontra por aí pela internet.

Se você quer participar do Conversando com Gaby, contando a sua história fale comigo pelo meu e-mail: contatogabriellysilva@hotmail.com. E se você quer ver eu falando sobre algum tema aqui, é só falar ai nos comentários.

E me desculpem por não ter postado nada semana passada :(. Até o próximo post gente :)…

Obs: Ana(Anorexia) e Mia (Bulimia)

Gaby