Assinatura RSS

Arquivo da tag: texto

Aquilo que meus olhos não veem

Publicado em

Oiii gente, hoje eu vim com uma crônica da postagem coletiva do grupo Projeto Escrita Criativa . Então eu espero que você gostem…

books-2468247_1920.jpg

Você olha aquela garota sorrindo e pensa que tudo está bem.

Você olha aquela garota rindo das coisas idiotas que ela faz e pensa que tudo está bem.

Rotina daquela garota:

Ela acorda. Sabe que será mais um dia de fingimento. Ela toma banho e se veste, pega seu fone e um livro. E sai, todos que a encontram perguntam “Tudo bem?” “Como vai?” e ela sorri e diz “O dia está maravilhoso!”. Quando ela entra em sua sala de aula sente a mistura de medo com ansiedade que sempre sente antes de entrar, como se estivesse entrando em um abatedouro. Quando entra procura pelos seus amigos, achando-os senta-se perto deles. Chama eles de amigos, mas nem sempre acha que realmente querem ela por perto, acha que só deixaram ela entrar no grupo deles porque sentiam pena dela “Tadinha dela, sozinha para lá e para cá lendo algum livro”. Sempre sente que está dentro, mas não está, parece que ela sempre está do lado de fora olhando para dentro, mas nunca dentro realmente. Ela fica por perto e ri do que os outros falam só para não parecer que não entende do que falam ou para não parecer burra, mesmo se o que as pessoas estão falando ofende ela. A frase “ria de si mesmo” nunca foi mais utilizada de um jeito errôneo por uma pessoa como ela a utiliza, quando erra ela ri e diz “Nossa que idiota” ou “Nossa que burra” e todos riem com ela. O sinal toca. É hora de ir para casa onde ela pode tentar descansar de tantas mentiras e depois no próximo dia voltar com todas essas mentiras, dia após dia. Enquanto uma pequena vozinha diz em sua mente “Desiste, por que você continua tentando?”

Você olha para aquela garota todos os dias e pergunta “Está tudo bem?”, mas você quer mesmo saber a resposta?

Gaby

Anúncios

Dança não é só para meninas 

Oii gente, hoje eu vim aqui falar sobre dança <3, como vocês já viram no título nem preciso explicar muito. Espero que vocês gostem…

Eu estava um dia desses, indo me inscrever em uma escola que vai ter ballet de graça, aqui na minha cidade. E uma mulher chegou e perguntou para o atendente quais os cursos que iriam ter (vão ter vários além de ballet lá), o atendente começou a falar e começou pelos cursos de dança, como jazz, dança contemporânea… Ela o interrompeu na hora e falou “PARA MENINOS”, eu como amante de dança e sendo uma pessoa que acho que sexismo é uma coisa horrível fiquei morrendo de raiva. E fiquei pensando “Preciso falar sobre isso no blog”, sério foi a primeira coisa que eu pensei. Então vamos lá..

Dança não é só para meninas. Quando eu fazia balé a um tempo atras eu tinha um professor, um homem, e ele foi o melhor professor que eu tive de balé, tive professoras antes dele, mas foi ele que me marcou, primeiro por ele ser um homem e ser bailarino, ai você me pergunta “como assim Gaby?”, porque provavelmente ele deve ter recebido muitas críticas por escolher fazer balé e ele simplesmente ligou o whatever (para não dizer outra coisa rsrs) e foi fazer o que ele ama.

Esse tipo de coisa também acontece com mulheres Geeks, como eu, ficam falando que ler quadrinho ou que gostar de super herói é coisa de menino, ou que eu não posso gostar de azul porque é cor de menino ou que um menino não pode gostar de rosa ou usar rosa porque é uma cor de menina. Já fui até perguntada se queria ser um menino porque eu usava uma blusa azul sempre, primeiro porque eu amo azul, segundo ela era confortável e terceiro eu queria usar. Hoje eu tenho várias blusas azuis. Usar alguma cor ou alguma coisa não determina orientação sexual. Eu quando era pequena tinha tudo rosa desde roupas ao meu quarto, mas depois que comecei a ver o que eu realmente gostava percebi que eu não gosto de rosa, as cores azul, verde, roxo e verde água são as minhas preferidas. Fiquei com um ódio terrível de rosa, não queria que as pessoas achassem que só porque sou uma menina que gosto de rosa e quase sempre fazia questão de expressar o quanto odiava rosa, hoje não odeio rosa quanto antes rsrs.

Sei isso são coisas da sociedade e que não uma pessoa que é o único culpado disso. É uma coisa que já vem de muito tempo e é difícil fazer com que as pessoas abram a mente e vejam o quão errado é isso. E nós precisamos conversar sobre isso, e falar para as pessoas que isso não é errado.

Eu não falei nada para a mulher, eu queria ter tido coragem de falar alguma coisa porque eu fico imaginando “e se os filhos dela quisessem fazer algum tipo de dança, e se eles nasceram com o dom da dança. E eles iriam ser ótimos dançarinos, mas eles provavelmente nunca poderão realizar esse sonho, infelizmente.” Eu incentivo vocês a não ficarem calados, não quero que vocês briguem ou coisa assim, mas quero que vocês falem com seus amigos e familiares o quanto isso é errado, discuta esse tema na sala de aula ou com sua família. Eu acredito que o melhor meio de mudar opiniões erradas é pelo meio da conversa, como já falei em outros posts eu já mudei muito por meio de conversas e as vezes até por aqueles tipos de conversas mais agressivas, não chegando a ser uma briga kkk, em que você acha que esta certo, mas acaba percebendo que seus argumentos estão super errados.

Só isso por hoje gente, até…

Gaby

Como anda a vida esses dias…

Oiii, hoje eu vim aqui para falar sobre a vida. Vou falar sobre as coisas que estão acontecendo nessas últimas semanas. Espero que vocês gostem…

for the marriage of

Então gente esses dias têm sido muito conturbados. Parece que temos notícia triste, atrás de notícia triste. Eu como sempre sou a última a ficar sabendo o que está acontecendo. “Eu entro no facebook e todo mundo está falando da mesma coisa eu fico sem entender o que está acontecendo, mas não procuro saber o que está acontecendo. Até que eu fico tão curiosa que vou no querido amigo Google e procuro.”

E são nesses momentos que nos vemos como algumas pessoas pensam. Às vezes são amigos seus que você pensava que nunca fosse falar uma coisa tão horrível, acabam falando. Isso me deixa tão triste. São coisas machistas, homofóbicas e milhares de coisas horríveis.

Muitos youtubers e bloggers já falaram sobre a tragédia de domingo, e sobre o caso de estupro… E eu precisava muito vir aqui e conversar com vocês sobre esses assuntos. Não vou contar sobre o que aconteceu, porque vocês já sabem. Nem vou falar que temos que ter mais amor, não que eu não ache necessário, temos sim que ter mais amor. Mas quero falar sobre uma coisa muito importante. Eu acho que esses são momentos que nós temos que ver como pensamos sobre o assunto e ver se realmente estamos certos. Já fui como muitas pessoas de querer culpar a vítima ou falar que nós mulheres não podemos usar roupas curtas e ect. Mas foi ouvindo outras pessoas e buscando entender, que eu mudei esse pensamento horrível e outros. Esses são momentos para pensar, refletir e mudar opiniões….

Espero que vocês tenham gostado do meu texto e busquem conhecimento sobre os assuntos. Pesquisem, leiam, vejam documentários, não falem coisas sem entender ou sem saber sobre o assunto, digo isso não só para coisas que aconteceram nesses dias, mas para tudo na vida, sigam essa dica…

Gaby

O dia em que eu …

*Esse post faz parte do Projeto Escrita Criativa, para saber mais e participar clique aqui.

odeqe

Eu e meus primos estávamos na minha casa brincando ( era férias então meus primos deviam estar dormindo aqui há vários dias ), então decidimos ir fazer um lanche porque nós estávamos quase desmaiando, fizemos hambúrguer e suco de groselha , depois fomos para o quarto da minha mãe e ficamos assistindo TV, meu suco tinha acabado então eu decidi ir na cozinha para fazer mais, quando cheguei na cozinha o chão estava molhado em uma parte, eu não vi e acabei escorregando segurei na mesa para não cair mesmo mas quando fiz força para levantar escorreguei de novo, meu pé estava doendo muito mas só tinha um machucado no dedo mindinho. Meu cachorro Snoopy (hoje infelizmente não esta mais aqui) ficou só me olhando preocupado e eu comecei a gritar minha prima, só que a minha prima (Evelyn) não consegue abrir a porta do quarto da minha mãe, fraca kkkk, brincadeira é muito dura, então ela começou a falar para eu ir abrir pra ela quando eu estava no chão e nem conseguia levantar, quando ela finalmente saiu viu eu no chão foi chamar meu irmão, depois de tentar fazer eu ficar em pé, meu irmão veio com um band aid e colocou no dedo mindinho, eu fiquei na cama da minha mãe com meu dedo mindinho com um band aid e o outro inchado, minha mãe chegou e dessa parte não me lembro kkkkk, sei que depois disso eu e meus primos fomos dormir, no outro dia minha mãe disse que ia me levar no médico. E esse foi o dia em que eu consegui quebrar o meu dedo do meio do pé direito.

Eu ia ir para Recife com meus primos visitar nossos avós, mas não pude ir por causa do meu pé :(. Mas fiquei com essa história que na minha opinião é bem legal kkk, e realizei um dos meus sonhos malucos que era quebrar alguma parte do corpo para usar gesso e pedir para as pessoas escreverem, e tive uma decepção horrível o gesso que eu coloquei não dava para escrever :(.

Gaby

O que não é amor

Publicado em

*Esse post faz parte do Projeto Escrita Criativa, para saber mais e participar clique aqui.

oqnea

Como uma pessoa que nunca amou ninguém sabe o que não é amor ?, como assim você nunca amou ninguém ? vocês devem estar se perguntando, eu achava que amava, achava que era amor quando só se passava de uma paixão. Nós nos perdemos em nossas cabeças e não sabemos distinguir o que é e o que não é, paixão é passageira e traiçoeira amor é diferente. Já me apaixonei muitas vezes achava que era amor mas aquilo sempre fazia eu me machucar então percebia que nada ia acontecer então parava de fica louca e achando que iria acontecer alguma coisa, mas já me machuquei muito com essas paixões eu não pensava que se me machucava tanto não era amor e não valia a pena, não que amar alguém não valha a pena mas se aquilo te machuca tanto e você só está se iludindo então não vale. Ainda não sei o que é amor mas sei muito bem o que não é, eu acho que quando o amor vier vai ser diferente e não vai me machucar.

Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso. Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas. 1 Coríntios 13:4 e 5

Quem ama nunca desiste porém suporta tudo com fé, esperança e paciência. 1 Coríntios 13:7

Gaby